Quando você pensa em influenciador digital, qual é o nome que vem à sua cabeça? Jout Jout? Hugo Gloss? Camila Coelho? Apesar de falarem sobre assuntos completamente diferentes, todos esses nomes são referências quando o assunto é ditar comportamento — e, consequentemente, hábitos de consumo — nas redes sociais.

Como eles, muita gente está de olho no status de influenciador digital. Recentemente, a Folha de São Paulo divulgou dados do YouTube que colocam o Brasil em segunda posição em tempo de visualização de vídeos online, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Parece que espaço e público para celebridades e especialistas na Internet não faltam por aqui.

Para conquistarem o respeito e a admiração dos seus seguidores, essas pessoas executam algumas estratégias que garantem seu posicionamento de liderança. Continue a leitura e descubra como você também pode se tornar um influenciador digital!

1. Defina um nicho específico

Mesmo que não sejam tão conhecidos, existem influenciadores digitais em vários nichos. Literatura, cinema, política, videogames, comportamento sustentável, entre outras temáticas, formam “mini mundos” na Internet, protagonizados pelos seus próprios gurus digitais.

Apesar de existirem celebridades da internet que falam sobre tudo, é muito mais fácil produzir conteúdo relacionado a uma temática só. Quando uma pessoa compartilha, opina, escreve ou fala sempre sobre um assunto, ela acaba se tornando referência nele.

Gosta de animais? Conhece de economia e investimentos? Sabe tudo sobre games? Comece a criar conteúdo nas redes sociais. Dê dicas interessantes e que façam a diferença para seu público em potencial.

2. Promova conteúdo de qualidade

Invista em imagens em alta resolução e em textos bem escritos. Fotos embaçadas, vídeos com áudio ruim e textos que não passam informações relevantes não conquistam seguidores. Pelo contrário, acabam espantando aqueles que visitam o seu site ou blog.

Periodicidade definida também fideliza seguidores. Se você se propor a fazer vídeos duas vezes por semana, por exemplo, mantenha a frequência e não decepcione o público que aguarda as postagens. Viu algo interessante em algum site? Compartilhe, comente e recomende. Se for de qualidade, vale a pena divulgar produções alheias.

Busque planejar, nem que seja minimamente, seu conteúdo. Faça uma lista com ideias e abordagens para que você tenha uma reserva de pautas e posts. Ter um plano B é uma ótima alternativa para quando der aquele branco ou quando não aparecer nada de relevante na semana.

Inciativas em conjunto também geram tráfego e reações em posts e vídeos. Faça brincadeiras ou proponha ações com outro influenciador digital. Pode ser uma resposta a um post ou um vídeo em conjunto, por exemplo.

3. Seja original

Hoje em dia, é possível afirmar que qualquer informação pode ser encontrada na Internet. Então, o que atrai leitores para um determinado post em detrimento de outros sobre a mesma temática?

A linguagem utilizada, o tom (cômico, simples ou irônico, por exemplo) e, principalmente, a pessoalidade da mensagem fazem toda a diferença na hora de atrair visitantes.

O diferencial do conteúdo buscado pelos internautas está no toque pessoal, nos comentários e nas opiniões emitidas por quem fala ou divulga uma informação. Como sempre ocorreu por meio dos veículos de comunicação, os formadores de opinião sensibilizam pessoas e inspiram admiração porque emitem seu posicionamento ao abordarem algum tema.

É claro que com os influenciadores digitais não poderia ser diferente. Destaca-se quem consegue oferecer novas visões sobre um mesmo debate, quem emite opiniões e quem produz conteúdo com personalidade.

4. Mantenha-se atualizado

Para se manter como referência em um assunto, você precisa se inteirar das novidades e questionamentos do seu meio. Leia frequentemente sobre o que está ocorrendo no seu nicho e veja o que outros influenciadores da área têm a dizer.

Com a Internet, o tempo fica cada vez mais reduzido e perder o momento de comentar ou compartilhar alguma informação pode prejudicar sua atuação virtual.

5. Saiba aproveitar as ferramentas

Colocar filtros em fotos, subir vídeos e compartilhar links são ações simples de serem aprendidas. Em poucos minutos, a maioria dos usuários de mídias sociais descobrem como utilizar suas ferramentas mais básicas.

Dessa maneira, leva vantagem quem sabe verificar métricas de tráfego e reação, estatísticas, além de outras possibilidades que as mídias disponibilizam. Informe-se sobre a dinâmica de cada plataforma, entenda os critérios de avaliação, publicidade, tendências e alcance. Assim, seu conteúdo pode ser melhor aproveitado e construído de forma a tirar proveito de ferramentas que poucas pessoas conhecem.

6. Mobilize e promova engajamento

A principal característica do influenciador digital é sua capacidade de comunicação, de gerar reconhecimento e afinidade com o público. Expertise em um assunto e conhecimentos técnicos das redes sociais colaboram, mas não criam influenciadores. O diferencial está na capacidade de promover o engajamento do público, que estabelece uma relação de confiança e proximidade com o influenciador.

Por isso, é importante promover ações que alimentam a interação dos seguidores com o influenciador. É importante não só responder comentários, mas também deixar claro que o público é uma parte ativa da comunidade e que pedidos, opiniões e sugestões são levados em consideração.

7. Tire proveito da publicidade

A renda do influenciador digital costuma vir das publicidades que ele protagoniza, participa ou que aparecem junto aos seus vídeos e outras postagens. Quando você chegar ao ponto de receber propostas, avalie primeiro e não aceite qualquer uma. O público mantém uma relação de identificação com o influenciador digital, de parceria e confiança.

Se o influenciador divulga algum produto que não condiz com sua postura ou que não tem nada a ver com sua personalidade, isso pode criar um clima de suspeita e decepção entre os seus seguidores.

É claro que é importante tornar sua atividade rentável para garantir seu futuro. Mas lembre-se que sua prioridade são os seguidores. Portanto, a fidelidade do influenciador digital deve ser com seu público primeiramente, e não com as propostas comerciais.

Viu como é possível tornar-se um influenciador digital? A tarefa não é fácil, mas com dedicação, paciência para colher os resultados e originalidade, qualquer pessoa pode conseguir destaque nas mídias sociais.

Gostou do post? Siga nossos perfis no Facebook, Twitter e Instagram e acompanhe nossas dicas sobre tendências, mercado e comportamento!

Guia completo para planejar e organizar a vida de universitário