Tem gente que não pode ver um bicho que já quer pegar, segurar, abraçar… Você é daqueles que afaga o cachorro de um desconhecido na rua? Ou é ainda mais destemido e pega uma aranha com a mão? Agora, que tal aliar esse fascínio com uma carreira profissional de sucesso? No mercado de trabalho, existem algumas de profissões para quem gosta de animais e que você pode se dar muito bem!

Quer saber quais são as principais delas? Confira, então, 7 profissionais que lidam com animais no dia a dia do trabalho:

Médico Veterinário

Quando se fala em trabalho com animais, a primeira coisa que vem à cabeça é o médico veterinário. Esse profissional é responsável por cuidar e tratar bichos tanto de pequeno quanto de grande porte.

O veterinário pode atender animais domésticos, como gato e cachorro, e também os silvestres. Ele faz o atendimento clínico destes bichinhos e pode prescrever medicamentos, vacinas e até fazer cirurgias.

Para ter sucesso na carreira em medicina veterinária, muitos profissionais se especializam em determinado grupo de animais, como anfíbios ou primatas. Também podem trabalhar com vistoria de centros de zoonoses e mercados bem mais específicos, como o da psicologia animal, por exemplo.

A grade disciplinar do curso abrange uma variedade de matérias devido à vasta disponibilidade de espécies que existem. Algumas disciplinas são: anatomia, fisiologia, genética, microbiologia e parasitologia. Fora a parte teórica, também tem aulas práticas para os alunos aprenderem tudo colocando a mão na massa.

Zootécnico

A zootecnia se assemelha bastante à medicina veterinária. Contudo, esse curso tem um viés mais voltado para o setor agropecuário. Um bom profissional zootécnico deve estar apto para planejar e coordenar a criação de bovinos, suínos, ovinos e aves.

É ele quem vai assegurar que os animais estejam vivendo em ambiente correto, com higiene e alimentação adequadas, com boa saúde física e mental. O zootécnico pode trabalhar realizando pesquisas e inspeções, além de áreas mais especializadas como nutrição e melhoramento genético.

Para formar excelentes profissionais do ramo, o curso de graduação em zootecnia abrange disciplinas como anatomia animal e botânica aplicadas à zootecnia, metabolismo animal, higiene e profilaxia animal. Além disso, os alunos também aprendem noções sobre administração e mecanização agrícola.

Biólogo

Outra profissão bem conhecida e que está em contato direto com o reino animal é a do Biólogo. Uma pessoa graduada em Biologia ou Ciências Biológicas busca analisar, pesquisar e compreender a dinâmica de vida dos seres vivos, desde o nascimento até a morte.

Por se tratar de uma área bem ampla, um biólogo pode ser tanto quem fica no laboratório analisando minuciosamente a vida animal quanto quem vai a campo entender bem de perto como os seres vivos contribuem para o equilíbrio do planeta.

Os biólogos ainda podem atuar com controle de pragas, estudos farmacêuticos, programas de preservação ambiental, pesquisas genéticas e também dar aulas, se tiverem diploma de licenciatura.

Para abranger todo o conhecimento necessário, os estudantes de Biologia veem em sala de aula tópicos como biologia molecular, bioquímica, botânica, biossegurança, legislação ambiental, toxicologia e microbiologia.

Ecologista

Ecologia já é o assunto do momento, não é? Nada mais necessário, então, do que ter profissionais com formação voltada diretamente para este assunto. Um ecologista tem como objetivo questionar e entender o equilíbrio entre o homem e a natureza.

Esse profissional deve prezar pela manutenção dos ecossistemas e das cadeias alimentares. Assim sendo, ele pesquisa sobre maneiras de promover o desenvolvimento de determinado local sem abrir mão da preservação das plantas e também dos animais.

Um ecologista pode trabalhar em áreas de preservação ambiental, reservas, zoológicos e parques ecológicos, promovendo pesquisas e ensino sobre o respeito ao meio ambiente. Entre as disciplinas vistas no curso estão: ecologia geral, botânica de campo, ecologia matemática, climatologia e educação ambiental.

Oceanógrafo

Oceanografia parece um nome complicado, mas se resume a uma profissão para quem é apaixonado pelo mar e todas as formas de vida que ele abriga. Esse profissional se forma para estudar oceanos, rios, lagos e mares – e tudo que vive dentro deles.

A abrangência do trabalho de um oceanógrafo vai desde a análise de composições químicas ao funcionamento da vida aquática. Quem ama animais marinhos vai querer saber mais!

Essa profissão pode trabalhar em setores como beneficiamento de recursos, pesquisas e acompanhamento de espécies em campo, além de centros de resgate e preservação animal.

Para estarem preparados para lidar com as diferentes espécies do mar, os oceanógrafos estudam sobre a história geológica da terra, fundamentos químicos para oceanografia, fisiologia dos animais marinhos, métodos de análise de dados, e também sobre poluição e tecnologia pesqueira.

Cientista Natural

Esse termo pode não soar familiar para muita gente, mas é uma profissão bem legal para quem gosta de animais e também adora ensinar. O profissional formado em Ciências Naturais é capacitado para ministrar aulas em disciplinas de Ciências e Meio Ambiente.

Misturando estudos que abrangem a matemática, a física, a química e a biologia, obviamente, os cientistas naturais possuem uma visão global sobre a área. Ele pode atuar como professor, mas também pode trabalhar em museus, centros de preservação ambiental, centros de ciência, ONGs e com o desenvolvimento de livros didáticos.

Para poder repassar todo o conhecimento necessário, os estudantes de Ciências Naturais aprendem conceitos gerais sobre o Meio Ambiente, Geociências e Biodiversidade. Além de parasitologia, ecologia e, claro, biologia.

Terapeuta Ocupacional

O profissional dessa área atua em atividades de trabalho e lazer voltados para o tratamento de distúrbios físicos, psicológicos e sociais de seus pacientes. O atendimento abrange todas as idades, desde bebês até idosos.

Pode parecer estranho agora, mas vai ficar claro o porquê deste profissional aparecer nesta lista. Há uma especialidade dentro da Terapia Ocupacional que utiliza os animais para auxiliar no tratamento de pessoas. Passar a mão no seu cachorro parece trazer uma sensação de bem-estar? Isso é real!

Os animais são incorporados em programas para melhorar que a capacidade de regular emoções, aumentar interações verbais, incentivar o desenvolvimento das habilidades motoras e do equilíbrio, estimular as funções cognitivas, entre tantos outros benefícios.

Existem pesquisas que buscam comprovar que o contato com os animais ajuda a diminuir a pressão arterial, o estresse e até mesmo a dor! Entre as espécies de bichinhos mais usadas para auxiliar os tratamentos estão gatos, coelhos, tartarugas, cavalos, hamsters, aves e até animais exóticos, como as iguanas.

Para conseguir promover uma boa interação entre os pacientes e os animais, os terapeutas ocupacionais estudam disciplinas como anatomia, fisiologia, patologia, psiquiatria e também princípios éticos.

As profissões para quem gosta de animais são mais diversas do que muita gente imagina. Entre saber como tratar suas enfermidades e entender o comportamento dos animais, existem opções para todos os perfis. Então, evite erros ao escolher sua profissão e defina aquilo que combina mais com você!

Com essa lista ficou mais fácil conciliar seu futuro profissional com seu amor pelos bichos, não é? Se quiser saber mais, curta nossa página no Facebook e fique por dentro de tudo!

Guia completo para planejar e organizar a vida de universitário