Você já parou para refletir sobre a maneira que usa as redes sociais? Será que você está utilizando cada uma delas ao seu favor? Qual será o tipo de imagem que você está transmitindo tanto para os seus seguidores quanto para os profissionais da área em que atua?

Muitas perguntas, não é verdade? O fato é que as respostas para elas denotam como é o seu marketing pessoal nas redes sociais.

Antes de aprofundarmos no assunto, você sabe o que é marketing pessoal? Mário Persona, professor, palestrante, consultor de estratégias de comunicação e marketing e autor de diversos livros, define marketing pessoal como um conjunto de ações e atitudes adotadas com a finalidade de transmitir para os demais o que nós temos de melhor. Sendo assim, você põe isso em prática nas suas redes sociais?

Aprenda aqui como usar as redes sociais como ferramenta de marketing pessoal. Confira!

1. Mantenha os seus pensamentos longe das redes sociais

Basta abrir qualquer rede social e ver como as pessoas costumam se comportar. Analisando alguns posts, você vai perceber que elas externam pensamentos demais.

O que você acha ou deixa de achar, principalmente sobre temas que não domina ou que não irrelevantes para os demais seguidores, podem ficar restritos a uma conversa informal com seus amigos e familiares.

2. Cuidado com o tom usado em seus comentários

Ultrapassar os limites da educação é algo muito comum nas redes sociais. Na maioria das vezes, as pessoas não percebem que estão extrapolando o bom senso. Caso queira comentar no post de alguém com quem não tenha tanta intimidade, busque moderar o tom.

Não force um contato ou uma intimidade que vocês não têm. Se o seu contato tiver o pavio curto, você corre o risco de levar um fora.

3. Modere na quantidade de suas postagens

De verdade? Ninguém está interessado em saber cada passo que você dá ao longo do dia. Não precisa postar tudo nas redes sociais.

Lembre-se de que toda a sua movimentação nessas redes reflete diretamente na timeline de seus contatos. Isso significa que o excesso de postagens pode fazer com que eles deixem de te seguir.

4. Jamais deixe alguém sem resposta

Alguém se interessou por algum conteúdo que você publicou e deixou uma pergunta ou comentário? Responda! Jamais deixe alguém sem resposta.

Se o seu seguidor teve o trabalho de entrar em contato, é gentil de sua parte retornar. Você transmite educação e se mostra interessado pelo apreço que seus seguidores têm por você.

5. Invista em sua foto de perfil

Ao fazer um bom uso das redes sociais, você cria sua própria marca pessoal. Como você gostaria de ser visto por seus seguidores?

Cause uma boa impressão investindo em sua foto de perfil, que pode transmitir mais de sua personalidade, profissão, crenças e valores. O importante é que a foto seja um reflexo do que você quer para o seu futuro.

6. Pratique o networking

O LinkedIn é uma rede social muito conhecida pelo fato de reunir, em um mesmo espaço, diversos profissionais. O caso é que você não deve deixar somente para ela a prática do networking.

Aproveite suas outras redes sociais para manter contatos com os demais profissionais de sua área de atuação e também com pessoas que tenham as mesmas afinidades que você.

7. Evite as postagens por impulso

Às vezes é inevitável. A raiva sobe, nós perdemos as estribeiras e queremos gritar para o mundo tudo o que estamos sentindo. Quando isso acontecer, desabafe para um amigo ou apenas escreva tudo em uma folha de papel.

Evite ao máximo as postagens por impulso. Nada de indiretas, preconceitos e difamações nas redes sociais. Fique longe disso!

8. Use um pouco de bom-humor

Você não precisa se comportar de maneira quadrada nas redes sociais, pois elas abrem um espaço para que possamos brincar, rir um pouco e desfrutar de momentos de descontração.

Por esse motivo, permita-se usar um pouco de bom-humor. Os seus seguidores conhecerão um outro lado de sua personalidade, menos engessada.

9. Cuidado com as palavras em caixa alta

VOCÊ SABIA QUE ESCREVER ASSIM TRANSMITE PARA OS OUTROS QUE ESTAMOS GRITANDO? Pois é, devemos tomar cuidado para não causar uma impressão errada em quem lê os nossos posts.

Nas regras da internet, escrever com tudo em caixa alta significa “falar” em voz alta ou até mesmo brigar com alguém.

10. Torne-se referência em sua área de atuação

Deseja mesmo investir em marketing pessoal por meio de suas redes sociais e criar sua própria marca? Repense o tipo de conteúdo que você está publicando. Para atrair os holofotes para você, torne-se referência em sua área de atuação.

Comece a publicar e compartilhar conteúdos relevantes sobre a profissão, o mercado de trabalho e o futuro da área em que atua. Seus seguidores precisam enxergar você como alguém que fala com propriedade, que está atualizado com as novidades e que tem muito conhecimento para compartilhar.

11. Participe de grupos de discussões

Redes sociais como o Facebook e o LinkedIn têm grupos que reúnem pessoas em torno de um mesmo interesse. Busque pelos grupos de discussões sobre sua profissão ou área de atuação.

Participe ativamente destes grupos para mostrar que você tem uma opinião formada e aproveite a oportunidade para aprender novos conceitos, práticas e técnicas com os participantes mais experientes.  Essa atividade pode ser extremamente enriquecedora!

Saiba que a maneira como nos comportamos nas redes sociais impacta muito no que as pessoas acham sobre nós. Isso inclui colegas de profissão, nossos gestores e até recrutadores em busca de novos talentos.

Se você deseja desenvolver sua carreira e ser reconhecido pela atuação em sua profissão, reflita bastante sobre a maneira como você se comporta nas redes sociais. É preciso estar bastante atento para que elas não contem como um fator negativo para sua imagem perante os outros.

Gostou de nossas dicas para investir em marketing pessoal nas redes sociais? Acompanhe nossos perfis no Facebook, Twitter e Instagram para ficar por dentro de outras dicas e informações que ajudarão você a turbinar sua carreira.

Guia completo para planejar e organizar a vida de universitário