Se você analisar a trajetória de boa parte das pessoa que atingiram objetivos na vida, sejam eles quais forem, notará uma coisa em comum: elas se planejaram para isso. Sem o planejamento adequado, nenhum projeto sai do papel (ou da cabeça). É preciso, antes de partir para a ação, saber quais caminhos serão trilhados e de que forma essa caminhada será realizada, não é mesmo?

Com o vestibular não é diferente. A quantidade de conteúdos e matérias abordados é enorme, e se você não montar um bom cronograma de estudos para seguir, é bem provável que se veja perdido em meio a tantas informações, sem saber nem por onde começar. Por isso, se você deseja realizar o seu sonho de ingressar no ensino superior, organizar-se e planejar-se adequadamente é essencial.

Pensando em ajudá-lo nessa tarefa, no post de hoje trouxemos um passo a passo simples e eficiente, para ensinar você a como montar um cronograma de estudos para o vestibular e conseguir de vez a aprovação! Vamos lá?

Determine as suas prioridades

Como todo o ser humano, certamente você é fera em algumas matérias e nem tão bom assim em outras. E esse fato, obviamente, tem que ser levado em consideração na hora de montar o seu cronograma de estudos.

Alterne os períodos de estudo do dia entre matérias nas quais você tem facilidade com as que parecem mais complicadas, para que você não fique exausto e sem motivação. Mas fique atento: sempre destine mais tempo para aqueles assuntos “cabeludos”. Obviamente, é neles que você tem que colocar mais foco.

Defina muito bem os horários

Quem está determinado em passar no vestibular tem que se convencer de uma coisa muito importante: seguir de maneira disciplinada uma rotina de estudos é crucial. Isso diferencia quem consegue a aprovação de quem não conquista a vaga.

Por isso, monte uma rotina bem detalhada, especificando suas atividades desde a hora que você tem que acordar até a hora de dormir. Determine o horário em que irá estudar, em qual momento irá fazer as suas refeições e também os momentos de pausa, descanso e exercício físico.

Nunca se esqueça de planejar blocos de estudo de, no máximo, 2 horas seguidas. Em períodos mais longos do que isso, o seu cérebro fica sobrecarregado de informações e você não consegue absorver o conteúdo com a mesma eficiência. Aproveite para fazer um lanche leve ou dar uma boa alongada antes de começar de novo.

Detalhar sua rotina diária dessa maneira possibilita que você consiga enxergar o dia como um todo e com extrema clareza. Isso é bem útil na hora de identificar aqueles momentos em que você fica “comendo mosca” e perdendo tempo.

Monte um quadro semanal do conteúdo a ser estudado

Mesmo que você tenha nascido na era digital, esse passo é sim, fundamental. Seu quadro semanal tem que estar em uma folha de papel, ao alcance da vista. Claro que você não precisa necessariamente fazê-lo à mão, mas, caso o digite no computador, imprima o quadro com a programação daquela semana.

O melhor dia para montar seu quadro semanal é o domingo. Tire uns minutinhos do dia para analisar os conteúdos que você vai estudar e detalhá-los minuciosamente no quadro. Somente dessa forma você poderá dividir as matérias em partes menores, não ficando tão apavorado com a quantidade de coisas que terá que aprender até o dia da prova. Isso deixará você mais relaxado e focado, pode acreditar.

Alterne as matérias e sua ordem semanalmente

Estudar sempre as mesmas matérias, no mesmo dia e horário da semana, soa extremamente monótono e chato, não é mesmo? Justamente por isso, planejar-se semanalmente é tão importante.

Acostume-se a a fazer um rodízio entre as matérias e conteúdos, organizando-as de maneira distinta a cada semana. Alterne horários de estudos e exercícios, e programe também um tempo para assistir algum vídeo ou documentário sobre determinado assunto, para manter-se concentrado e motivado a seguir em frente.

Siga o planejamento

De nada adianta você montar um cronograma de estudos superbem elaborado e desistir de segui-lo 2 ou 3 dias depois. Exercite sua capacidade de motivação e disciplina, e mantenha-se firme!

Respeite os horários que você mesmo determinou. Prolongar um período de descanso pode fazer com que você tenha extrema dificuldade em retomar a concentração nos estudos, bem como dormir pouco vai lhe fazer sentir-se exausto o dia inteiro. O mesmo vale para o tempo destinado para os exercícios físicos (acredite, eles melhoram a sua performance nos estudos) e para as refeições (saco vazio não para em pé, como já diz o ditado).

Se você sentir que está sendo extremamente difícil seguir o seu cronograma, sente-se e refaça-o, de acordo com as suas necessidades e capacidades. Mas tenha uma coisa em mente: é claro que você deve ser capaz de cumprir o que determinou, porém, estudar para o vestibular não é moleza, viu? Para conseguir ver todos os conteúdos abordados nas provas em tempo hábil, você terá, sim, de esforçar-se de maneira considerável.

Reveja o cronograma com a proximidade das provas

Quando o período das provas de vestibular estiver chegando, é hora de rever o seu cronograma. Um ou dois meses antes da data é a hora de parar de estudar conteúdos novos e partir para a revisão. E lembre-se: revisão não é estudo detalhado!

Isso significa que o seu cronograma semanal deverá ser preenchido com mais assuntos e matérias do que o habitual, já que você dedicará seu tempo para revisar e montar esquemas e mapas mentais, fazendo um “resumão” de tudo o que estudou ao longo do ano.

Por fim, uma última questão que é bastante crucial: mais ou menos 2 dias antes da prova, os estudos estão proibidos! Dê um tempo para seu cérebro relaxar e estar renovado para o grande dia! Se você é muito ansioso e não pode se imaginar não dando uma mísera “olhadinha final”, utilize somente os resumos e esquemas montados durante o período de revisão, ok?

Seguindo esse passo a passo de como montar um cronograma de estudos, sua aprovação estará mais próximas de acontecer! Não espere mais, coloque a mão na massa!

Curtiu esse passo a passo? Então que tal descobrir mais dicas supervaliosas, que podem te ajudar a entrar com o pé direito no nível superior? Baixe agora mesmo, gratuitamente, o nosso guia prático de como ser aprovado no vestibular!

Guia completo para planejar e organizar a vida de universitário