Depois da aprovação no vestibular, muitos estudantes ainda precisam superar mais um desafio: morar sozinho. Para cursar uma faculdade, alguns alunos necessitam abandonar o conforto da casa dos pais e mudar de residência, para facilitar o acesso ao campus universitário, e nem sempre é fácil lidar com esse período de mudanças sem passar aperto.

Hoje vamos compartilhar 7 dicas que vão ajudá-lo a morar sozinho sem dificuldades, para que você possa aproveitar tudo de bom que essa experiência pode lhe oferecer!

1. Desenvolva seu planejamento financeiro

Ao morar sozinho, você terá que lidar com despesas com as quais talvez não esteja familiarizado. Veja alguns exemplos:

  • Aluguel;

  • Alimentação:

  • Água;

  • Luz;

  • Telefone;

  • Gás;

  • Produtos para a limpeza da casa.

É importante lembrar-se de que esses gastos acumularão com as demais despesas típicas de um universitário, como mensalidade da faculdade e materiais didáticos. Portanto, para não passar por dificuldades, é essencial desenvolver seu planejamento financeiro.

Você deve colocar na ponta do lápis sua renda mensal (seja proveniente do seu trabalho ou da ajuda que recebe de seus pais) e também as despesas que terá ao longo do mês.

Para não passar por dificuldades financeiras, é preciso gastar menos do que você ganha e, de preferência, construir uma reserva de emergência, para situações imprevistas.

Ao morar sozinho, você será responsável pela manutenção da casa e por sua sobrevivência. Por esse motivo, é fundamental aprender a utilizar seu dinheiro de modo planejado, com foco no que realmente importa.

2. Aprenda a realizar as tarefas domésticas

Uma casa demanda a realização de muitas tarefas: lavar louça, limpar o chão, lavar e passar a roupa, dentre outros afazeres.

Para manter sua moradia habitável você precisará aprender a realizar a limpeza e organização da sua casa. É claro que, se seu orçamento permitir, você poderá pagar para que alguém faça suas tarefas domésticas. Porém, no dia a dia, não dá para fugir de determinadas atividades, para que o ambiente não vire um caos.

Portanto, ter conhecimentos básicos relacionados à limpeza de uma casa é algo que pode livrá-lo de apuros e manterá seu cantinho muito mais agradável.

3. Organize seu dia a dia

Ao optar por morar sozinho, você precisa saber que será importante ter bastante organização e jogo de cintura para manter suas obrigações acadêmicas e sua vida de “dono de casa” em dia.

Por isso, vale a pena investir alguns momentos planejando como será sua rotina. Organizar seu cotidiano ajudará você a:

  • Identificar quais tarefas domésticas precisarão ser feitas ao longo da semana, para não deixar a bagunça e a sujeira acumularem-se;

  • Analisar quanto tempo você terá disponível para realizar atividades relacionadas à faculdade, à sua vida pessoal, profissional e à manutenção da casa;

  • Descobrir qual a frequência ideal para preparar suas refeições (duas vezes por dia, uma vez por dia, ou apenas algumas vezes por semana);

  • Ter clareza quanto às obrigações financeiras relacionadas à sua casa, para não perder o prazo de vencimento de suas contas.

4. Foque no que é essencial

Seja antes de fazer sua mudança ou quando já estiver morando sozinho, sua missão será focar no que é essencial.

Se a grana estiver curta quando você for morar sozinho, na hora de montar sua casa, concentre-se apenas naquilo que é fundamental no seu dia a dia. Um colchão, uma geladeira e um fogão, por exemplo, são itens indispensáveis. Analise o que realmente será necessário para que você consiga sobreviver nos primeiros meses e, mais tarde, você poderá se preocupar com os demais objetos da casa.

5. Tenha disciplina

Morar com os pais é uma beleza: roupa lavada, comida na mesa, casa em ordem e, ainda por cima, não precisamos nem nos preocupar com a data de vencimento das contas.

Porém, se você vai morar sozinho, tudo isso (e muito mais!) ficará sob sua responsabilidade. E para dar conta de tudo e ainda ter tempo de qualidade para estudar e divertir-se, você precisará de muita disciplina.

Se você for uma pessoa naturalmente organizada, não terá tanta dificuldade em tocar sua casa com tranquilidade. Contudo, se você for a bagunça em pessoa, é hora de começar a mudar seus hábitos.

6. Fique atento aos detalhes

Ao morar sozinho, para não passar aperto, você precisará ser um mestre na arte de estar atento a detalhes, seja para evitar acidentes ou dores de cabeça.

Já imaginou se você tem uma baita dor de estômago ou de cabeça no meio da madrugada? Morando sozinho, não haverá ninguém para cuidar de você, a não ser você mesmo. Então, tenha uma caixa de remédios com tudo aquilo que você pode precisar no dia a dia: analgésico, termômetro, curativos, antiácido e o que mais você considere que possa ser útil em uma emergência.

Além disso, ao morar sozinho, é necessário ter atenção redobrada à sua segurança. Trancar portas e janelas, não esquecer o ferro de passar ligado ou o fogão aceso ao sair de casa, essas são pequenas precauções que podem livrá-lo de situações perigosas ou desagradáveis.

7. Facilite sua vida

Já imaginou chegar cansado da faculdade, ter que estudar para as provas do dia seguinte e ainda ter que se preocupar em fazer comida?

Ao morar sozinho, faça o possível para facilitar sua vida. Você pode:

  • Planejar-se para fazer compras no mercado semanal ou quinzenalmente. Perde-se muito tempo em filas, e diminuindo suas idas às compras, lhe sobrará um precioso tempo para fazer outras atividades;

  • Preparar comida suficiente para várias refeições e congelar em porções. Depois, é só descongelar e consumir, o que é excelente para quem precisa economizar o tempo;

  • Tomar cuidado com a sujeira e a bagunça. Quanto mais em ordem você mantiver a casa, menos trabalho terá.

Morar sozinho pode ser algo desafiador, mas é sem dúvidas uma experiência que traz muito amadurecimento.

Com planejamento, disciplina e organização você conseguirá morar sozinho sem passar aperto, e terá tempo e disposição suficientes para estudar com afinco e aproveitar com intensidade essa ótima fase da sua vida!

Conhece alguém que pode estar passando pela mesma situação? Gostou das dicas que trouxemos pra você? Então compartilhe o texto nas redes sociais e mostre que você está pronto para essa aventura!

 

Guia completo para planejar e organizar a vida de universitário