Você conseguiu seu primeiro estágio remunerado? Parabéns! Essa é uma excelente oportunidade para aprender mais sobre sua profissão e saber como é a vida profissional de verdade. Outro aprendizado que você já pode ir desenvolvendo neste período é saber como fazer seu dinheiro render e como usá-lo da melhor forma.

Antes de sair por aí gastando seu primeiro pagamento como se não houvesse amanhã, confira algumas dicas de como usar bem seu salário do estágio:

Pense no futuro e poupe

Não é porque você começou sua vida profissional agora que não deve pensar no futuro. O ideal é guardar pelo menos 10% do valor recebido mensalmente, para criar uma reserva financeira para emergências e para o futuro. Antes de sair gastando seu salário, separe esse valor e faça uma aplicação com ele, sem cair na tentação de usar o dinheiro sem motivo sério.

Ao longo de sua vida profissional você pode (e deve) aumentar a porcentagem investida, mas tenha sempre em mente a ideia de que é importante pensar no amanhã e poupar. Também busque opções mais rentáveis que a poupança, de acordo com os seus planos. Você pode investir em uma previdência privada, para planos em longo prazo como a sua aposentadoria, ou renda fixa, para prazos menores, como pagar uma pós-graduação ou cursos no exterior depois de formado.

Planeje o uso do seu salário de estágio

Pense no que você realmente precisa e em como o salário recebido pode ser aplicado nessas aquisições. Consulte seus pais e veja se existe alguma despesa da casa com que você pode contribuir, como a TV a cabo, a internet, os cuidados com seu bichinho de estimação.

Separe parte do salário para os gastos na universidade, como compra de material e eventos do curso. Não deixe de pesquisar os melhores preços de material via internet e combine com seus colegas para comprar em grupo quantidades maiores de material, pleiteando um desconto.

Outra boa opção é pesquisar livros em sebos ou lojas de segunda mão, ou mesmo com alunos de períodos mais adiantados, que talvez não estejam mais utilizando aquele material. E não se esqueça de deixar um pouco de dinheiro para se divertir! Já pensou em guardar dinheiro para viajar durante as férias?

Anote seus gastos sempre

Anotar os gastos ajuda a controlar a saída do dinheiro de sua conta. Mesmo que seja uma balinha ou um refrigerante no intervalo das aulas, esse dinheiro sai sem que você perceba, e só quando acaba você vê que ele se foi.

Fazer uma planilha de gastos ajuda a ver para onde o dinheiro está indo, quais gastos podem ser cortados e quais devem ser mantidos. Esta planilha pode ser feita simplesmente pelo Excel ou baixada da internet. Você também pode buscar aplicativos para colocar no celular e anotar ali seus gastos. Com o tempo, você conseguirá ter uma noção maior de suas despesas e saberá administrar melhor seu dinheiro.

Adapte-se ao padrão de vida que seu salário permite

Mesmo morando ainda com seus pais, o fato de ganhar um salário no estágio não quer dizer que você pode sair esbanjando por ai, adotando um padrão de vida acima do que seu salário proporciona. Evite fazer dívidas com cartão de crédito e cheque especial à toa: deixe para usar esses meios de pagamento para momentos em que realmente você precisa.

Lembre que, segundo a Lei do Estágio (sancionada em 23/09/2008), o estagiário não tem direito ao 13º salário no final do ano, que é usado por muitos trabalhadores para sanar dívidas acumuladas ao longo do ano. Além disso, apesar de ter direito a 30 dias de férias depois de 1 ano de empresa, o estagiário não recebe o abono das férias, que equivale a 1/3 do salário. Por isso, tente viver com o que você recebe ao longo de 12 meses!

Invista na sua educação

Além de gastos com livros e o dia a dia na universidade, você pode aproveitar para poupar parte do salário para investir em atividades complementares à sua educação. Uma delas é participar de intercâmbios educacionais e profissionais no exterior, que acrescentam muito em um currículo. Outro gasto importante é com o aprendizado de idiomas, que será útil no crescimento de sua carreira.

Congressos e eventos dentro da sua especialidade também devem ser considerados na hora de economizar para investir na carreira. Não precisa ir a todos, mas considere os mais importantes. Esses eventos são interessantes para conhecer melhor seu curso e fazer contatos profissionais!

Deixe um pouco de dinheiro para o lazer

Ninguém é de ferro; por isso, separe uma parte de seu salário do estágio para investir em seus momentos de lazer! Aproveite a lei da meia entrada, que beneficia estudantes brasileiros com um desconto de 50% na compra de ingressos para shows, cinema, teatro, exposições. Pagando menos, você consegue ver mais eventos, enriquecer seu conhecimento e ainda relaxar da correira das aulas.

Invista também em atividades esportivas, que ajudam a relaxar e dar ânimo para a hora do estudo. Além de procurar academias privadas próximas à sua casa ou à universidade, pesquise eventos de atividades físicas gratuitos. Também vale a pena conhecer as áreas de recreação de sua cidade para praticar esportes.

Que tal incentivar o departamento de Educação Física de sua universidade a ministrar aulas para os próprios alunos de graça ou por uma pequena contribuição? Além de ser uma forma de se exercitar, é uma oportunidade de conhecer outros estudantes e dar mais experiência de trabalho aos alunos desse curso.

Agora que você já sabe o que fazer com o salário do estágio, aproveite e baixe nosso e-book Manual Financeiro do Universitário: saiba como não passar aperto na faculdade, e saiba mais como cuidar de sua vida financeira durante os estudos!

Guia completo para planejar e organizar a vida de universitário